UP! 1.0L, o teste da semana

O modelo de entrada da Volkswagen surpreende no desempenho e na economia de combustível

Texto: Eduardo Abbas
Fotos: Volkswagen

Não tem discussão, o carro da montadora alemã é seguramente um dos mais econômicos já fabricados no Brasil. Ele esta inserido em uma categoria de veículos populares com motores de 3 cilindros que começam a fazer parte do dia-a-dia dos agora exigentes brasileiros.


Eu tive a oportunidade de testar o modelo básico durante uma semana e pude constatar que realmente ele entrega tudo o que promete. Entenda-se por modelo básico um veículo sem ar condicionado, sem direção, vidros e retrovisores elétricos, enfim, uma configuração das mais simples, apenas com rádio, airbags frontais e freios ABS de série, um carro leve e ideal para quem esta começando a dirigir ou mesmo para empresas que tem frotas de vendedores.


O UP! já impressiona de cara por conta do seu bem ajustado conjunto mecânico. Equipado com a nova geração de motores 1.0l de 3 cilindros Total Flex com potência máxima de 75 cv (55 kW) a 6.250 rpm, quando abastecido com gasolina, e de 82 cv (60 kW) à mesma rotação, com etanol. O torque máximo é 9,7 kgfm (gasolina) e 10,4 kgfm (etanol), e ocorre a partir de 3.000 rpm. O câmbio manual de 5 marchas com comando a cabos e a barra estabilizadora dianteira de série completam esse conjunto suave e harmonioso.


Rodei por estradas e na cidade, simulando sempre a forma de utilização de um usuário que tem o carro para as mais diversas funções, como ir a mercados, shoppings, fazer viagens curtas e mesmo longas, encarar horas de engarrafamento no trânsito e poder aproveitar as longas retas em rodovias para senti-lo mais atuante e veloz.


Na cidade, o que realmente faz diferença é o ar condicionado ou a falta dele, até porque São Paulo praticamente se tornou um deserto nos últimos meses do ano. Mesmo assim, dirigir no trânsito pesado não é nenhum sacrifício, pelo contrário, por ser um carro muito leve, devido aos materiais utilizados na construção, o espaço interno generoso com os passageiros, o conforto e a dirigibilidade são os pontos fortes do UP!. Na hora de estacionar em vagas de shopping, geralmente muito apertadas, as amplas janelas proporcionam uma ótima visão em todos os campos, se tem a impressão que a vaga é maior do que a realidade.


Um dos bons motivos de se dirigir e mesmo saltar para fora do carro é a posição e altura dos bancos, o condutor e os passageiros praticamente saem em pé, sendo necessário pouco esforço para entrar ou sair do veículo. Isso ajuda muito pessoas de idade e outras fora do peso ideal, é o chamado “descer do carro”, detalhe muito importante depois de uma longa viagem ou de se ficar por um longo período sentado.


Na estrada é um automóvel realmente surpreendente, o desempenho é muito acima do esperado para essa categoria de veículo. Viajando por estradas de curvas longas e curtas, retas, subidas e descidas, em nenhum momento, a não ser em ultrapassagens, foi necessária a redução para uma marcha menor. Com o câmbio posicionado em 5ª, o UP! não se acovarda e faz retomada de velocidade sem nenhum esforço. Andei mais de 90 km na velocidade da rodovia sem precisar trocar uma vez sequer de marcha, mesmo com o carro com três pessoas e pouca bagagem, o desempenho foi linear e constante.


A melhor parte realmente toca no ponto mais sensível do corpo humano: o bolso. O carro foi abastecido com gasolina comum no tanque de 50 litros, eu rodei no total entre cidade e estradas 745 km e não chegou a entrar na reserva, portanto havia pelo menos 5 litros de gasolina no tanque. A média foi de espantosos 16,55 km/l, um número muito acima do que a Volkswagen coloca como sendo o consumo oficial, dependendo do uso do carro, você vai usar um tanque por mês, não tá bom?


O UP! têm 3 anos de garantia, uma série de versões com diversos tipos de opcionais, um verdadeiro Urban Car, para fazer homens, mulheres e os recém habilitados aproveitarem tudo que esse carro singular oferece.

Ficha Técnica


up! 1.0l




Manual




4 Portas
MOTOR



Combustível

Gasolina (E22)
Etanol (E100)
Cilindrada (cm³)


999
Diâmetro dos cilindros x curso dos pistões (mm)


74,5 x 76,4
N° de cilindros / disposição / válvulas por cilindro


3 / Em linha / 4
Posição

Transversal a frente do eixo
Potência máxima - kW (cv) / rpm (NBR ISO 1585)
55 (75) / 6250
60 (82) / 6250
Torque máximo - Nm (kgfm) / rpm (NBR ISO 1585)
95 (9,7) / 3000
102 (10,4) / 3000
Taxa de compressão


11,5:1
Formação de mistura


Injeção eletrônica multiponto








com sistema E-Flex de partida a frio ( sem tanquinho )
TRANSMISSÃO



Conjunto câmbio-diferencial

Manual, cinco marchas à frente, acionamento por cabos
Embreagem

Monodisco, acionamento hidráulico
Rodas motrizes


Dianteiras
Relações de marchas
1ª - 3,769:1; 2ª - 2,095:1; 3ª - 1,281:1;



4ª - 0,927:1; 5ª - 0,740:1; ré - 3,182:1
Relação de diferencial dianteiro


4,929:1




SUSPENSÃO



Dianteira

Suspensão independente tipo McPherson




Molas helicoidais




Barra estabilizadora
Traseira

Suspensão interdependente com braços longitudinais




Molas helicoidais




DIREÇÃO



Tipo

Direção elétrica (direção mecânica)
Diâmetro de giro do veículo (m)


9,7 (10,6)
Relação de direção (média)


15,5:1 (21:1)
Voltas no volante (batente a batente)


2,9 (3,9)




FREIOS






Duplo circuito hidráulico em diagonal, servofreio a vácuo




ABS com EBD
Dianteiros

Disco ventilado, diâmetro de 256 mm.
Traseiros

Tambor, diâmetro de 200 mm.




RODAS E PNEUS






Roda 5J X 13 com Pneu 165/80 R13



Roda 5J X 14 com Pneu 175/70 R14



Roda 5,5J X 15 com Pneu 185/60 R15




DIMENSÕES EXTERNAS (mm)



Comprimento


3605
Largura (sem espelho retrovisor)


1645
Largura (com espelho retrovisor)


1910
Largura (com espelho retrovisor com side blinker )


1914
Altura (teto)


1500
Distância entre eixos


2421
Bitola (dianteira / traseira)


1423 / 1424




AERODINÂMICA



Coeficiente aerodinâmico (Cw)


0,361
Área frontal (m²)


2,07
Cw x A (m²)


0,747




CAPACIDADES (litros)



Porta-malas


285
Tanque de combustível


50




PESOS (kg)



Em ordem de marcha


910-958
Peso bruto total (PBT)


1370
Carga útil


440-412
Carga admissível sobre o eixo dianteiro


700
Carga admissível sobre o eixo traseiro


680
Carga admissível sobre o teto


50
Peso máximo rebocável com freio/sem freio


0




DESEMPENHO






Gasolina (E22)
Etanol (E100)
Aceleração 0-100 km/h (s)
12,6
12,4
Aceleração 0-1.000 m (s)
34,6
34,4
Retomada 80-120 km/h, 5a. (s)
18,9
18,5
Velocidade máxima (km/h)
163
165




CONSUMO






Gasolina (E22)
Etanol (E100)
Cidade - Autonomia corrigida conforme PBE (km/l) °
13,2
9,1
Estrada - Autonomia corrigida conforme PBE (km/l) °
14,3
9,9
Consumo Energético - Média E100 & E22 (MJ/km)


1,57
° INMETRO - Portaria n°10 de 11.01.2012







MANUTENÇÃO



Revisões, km/ tempo*


10.000 / 6 meses
Troca de óleo do motor, km/ tempo*


10.000 / 6 meses
Troca de óleo da transmissão, km/ tempo*

Não requerido (apenas verificação de nível a cada 10.000 / 6 meses)





Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.